Última hora

Última hora

Autoridades turcas acabam com recolher obrigatório em Cizre

Acabou o recolher obrigatório na cidade turca de Cizre, que tinha sido imposto para combater os militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão

Em leitura:

Autoridades turcas acabam com recolher obrigatório em Cizre

Tamanho do texto Aa Aa

Acabou o recolher obrigatório na cidade turca de Cizre, que tinha sido imposto para combater os militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

E a violência dos combates entre o exército turco e o PKK são bem visíveis nas ruas de Cizre. Durante vários dias – os turcos falam em oito, os curdos em dez – os habitantes viveram um pesadelo.

“Estávamos aterrorizados. Não tínhamos eletricidade. Estávamos mortos de fome. Aquilo não era viver. O que teremos feito para merecer isto? Espero que Deus castigue Erdogan por isto”, contou uma mulher.

Outro habitante disse à Reuters que os militares turcos dispararam contra a sua casa.

Políticos pró-curdos dizem que 21 civis foram mortos, mas o ministro do Interior da Turquia confirmou apenas, na quinta-feira, a morte de um civil e de dezenas de militantes.

O Comissário dos Direitos Humanos para o Conselho da Europa, Nils Muiznieks, exigiu que observadores tenham acesso à cidade para avaliar a situação.