Última hora

Última hora

Há um novo escândalo na FIFA e este tem a assinatura de Blatter

“Não podemos controlar toda a gente, o tempo inteiro. Se as pessoas quiserem cometer algum crime, também o vão tentar esconder.” As palavras são de

Em leitura:

Há um novo escândalo na FIFA e este tem a assinatura de Blatter

Tamanho do texto Aa Aa

“Não podemos controlar toda a gente, o tempo inteiro. Se as pessoas quiserem cometer algum crime, também o vão tentar esconder.”

As palavras são de Joseph Blatter mas servem que nem uma luva ao próprio. O suíço tem passado os escândalos de corrupção que assombraram a FIFA nos últimos meses entre os pingos da chuva mas isso não quer dizer que não se venha a molhar.

A televisão suíça SRF deu a conhecer documentos assinados pelo ainda presidente da FIFA que provam que o suíço vendeu os direitos de transmissão televisiva dos Campeonatos do Mundo de África do Sul e Brasil à CONCACAF do velho amigo Jack Warner por preços muito inferiores ao valor de mercado.

Pelos dois mundiais foram pagos 600 mil dólares, uma verba a rondar os cinco por cento do valor real.

Jack Warner, ele próprio implicado num sem fim de escândalos e que se entregou à justiça em maio, não se fez rogado e pouco depois vendeu os mesmos direitos de transmissão por uma verba entre os 15 e 20 milhões de dólares.

As acusações não mereceram nenhum comentário nem por parte da FIFA, nem por parte da justiça suíça.