Última hora

Última hora

Afeganistão: Talibãs atacam prisão e libertam centenas de prisioneiros

148 dos mais de 350 presos libertados pertenciam a grupos insurgentes, na sua maioria talibãs

Em leitura:

Afeganistão: Talibãs atacam prisão e libertam centenas de prisioneiros

Tamanho do texto Aa Aa

Um comando talibã atacou, esta madrugada, uma prisão afegã e libertou centenas de prisioneiros. Quatro membros das forças de segurança da prisão faleceram, no ataque, assim como, pelo menos, três dos insurgentes.

Point of view

[Os insurgentes] começaram a gritar para os prisioneiros: 'Somos os talibãs, viemos libertar-vos das vossas celas' - vice-governador da província de Ghazni

O grupo começou por fazer explodir um carro armadilhado frente à prisão e lançar uma granada antitanque RPG antes de invadir o edifício, como explica Mohammad Ali Ahmadi, vice-governador da província de Ghazni:

“Seis homens armados vestidos com uniformes militares explodiram o cadeado da entrada principal, entraram na prisão e começaram a gritar para os prisioneiros: ‘Somos os talibãs, viemos libertar-vos das vossas celas’.”

O estabelecimento prisional situa-se no leste do Afeganistão, na província de Ghazni, e alojava 436 detidos.

Entre 350 e 400 – segundo fontes divergentes – terão sido libertados na manobra, 148 dos quais pertenciam a grupos insurgentes, na sua maioria talibãs, e cumpriam pena por terem atentado contra as forças de segurança afegãs e da NATO.

Três terão, entretanto, sido novamente capturados.