Última hora

Última hora

Rússia e Estados Unidos discutem conflito na Síria

O presidente russo, Vladimir Putin, reuniu-se com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, para discutirem o conflito na Síria. Os Estados

Em leitura:

Rússia e Estados Unidos discutem conflito na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo, Vladimir Putin, reuniu-se com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, para discutirem o conflito na Síria. Os Estados Unidos acusam Moscovo de estar a reforçar a sua presença militar em território sírio.

Israel teme que o equipamento militar de topo que os russos estão alegadamente a enviar possa acabar nas mãos do Hezbollah e seja um dia usado contra si, mas o presidente russo diz que a Síria não tem condições para abrir uma “segunda frente” contra outros países.

Oficialmente, a presença russa na Síria restringe-se ao porto de Tartus, um dos redutos de Bashar al Assad. Mas de acordo com várias fontes, como o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, as forças armadas russas estão a aumentar o número de pistas nos aeroportos de Hamimim e Hamidiya para permitir a aterragem de aviões de grandes dimensões.

A mesma fonte garante que equipamento e militares russos desembarcaram em Hamimim, nas últimas semanas.

O Kremlin defende o apoio a Damasco e apela a uma coligação mais ampla para lutar contra o Estado Islâmico, que incluirá a Síria e o Iraque.