Última hora

Última hora

Haribou perdeu a batalha contra a Lindt

O Supremo Tribunal Federal da Alemanha negou razão ao fabricante de doçaria alemão Haribo, que desde 2012 acusava o fabricante de chocolate suíço

Em leitura:

Haribou perdeu a batalha contra a Lindt

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal Federal da Alemanha negou razão ao fabricante de doçaria alemão Haribo, que desde 2012 acusava o fabricante de chocolate suíço Lindt de copiar os seus ursinhos de gelatina batizados “Urso de Ouro”.

A batalha legal durou três anos. Haribo recorreu à justiça assim que apareceu o urso Lindt. O tribunal de Colónia tinha-lhe dado razão, em primeira instância, baseando a decisão na ideia de que os consumidores podem confundir as duas marcas.

A sentença foi revista em apelação, sendo decidido que não existem semelhanças suficientes entre os dois produtos. Esta senteça, confirmada esta quarta-feira por um acórdão do Tribunal Federal, conclui que o produto Lindt não constitui infração à marca registrada “Urso de Ouro” da Haribo nem uma imitação ilegal dos produtos de gelatina.

En 1967, a Haribo registou o nome para comercializar os ursos de gelatina coloridos. A Lindt introduziu no mercado o seu urso de chocolate.