Última hora

Última hora

Pobreza, refugiados e ambiente no encontro entre Francisco e Obama

Em leitura:

Pobreza, refugiados e ambiente no encontro entre Francisco e Obama

Tamanho do texto Aa Aa

Alguns chegam de limusine, mas foi no Fiat 500 oficial do Vaticano que o Papa Francisco chegou à Casa Branca. Um carro modesto para um discurso que defende os mais fracos.

Nesta primeira visita de Francisco, terceira de um papa, a simbiose com Barack Obama foi perfeita: O meio ambiente, o combate à pobreza e o problema dos refugiados foram os temas abordados pelos dois homens.

Point of view

A misericórdia significa acolhermos, com empatia, os estrangeiros, sejam refugiados que fogem de países em guerra, sejam imigrantes em busca de uma vida melhor.

“Vossa Santidade lembrou-nos que a maior mensagem de Deus é a misericórdia. Isso significa acolhermos, com empatia, os estrangeiros, sejam refugiados que fogem de países em guerra, sejam imigrantes em busca de uma vida melhor”, disse o presidente norte-americano.

Francisco insistiu na necessidade de ajudar os pobres: “Quero pedir a todos os homens e mulheres desta grande nação que apoiem os esforços da comunidade internacional para proteger os mais fracos de todo o mundo”.

Antes, Francisco tinha passado por Cuba.

Depois da visita à Casa Branca, o Papa desfilou pelas ruas de Washington, onde foi saudado por dezenas de milhares de pessoas.

A visita aos Estados Unidos inclui também passagens por Nova Iorque e Filadélfia.

Apesar da popularidade de Francisco, a comunicação social mais conservadora parece estar contra a visita, como mostra este vídeo, divulgado no Facebook:

How Right-Wing Media Are Welcoming Pope Francis To America

This is how right-wing media welcomed Pope Francis to America:

Posted by Media Matters for America on Terça-feira, 22 de Setembro de 2015