Última hora

Última hora

Rússia e Estónia trocam espiões

A Rússia e a Estónia trocaram dois prisioneiros, ambos acusados de espionagem. Os serviços secretos russos, FSB, anunciaram a entrega de Eston

Em leitura:

Rússia e Estónia trocam espiões

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia e a Estónia trocaram dois prisioneiros, ambos acusados de espionagem.

Os serviços secretos russos, FSB, anunciaram a entrega de Eston Kohver, um funcionário de segurança estoniano detido na Rússia no ano passado.

Kohver foi trocado por Alexei Dressen, um antigo funcionário estoniano condenado a 16 anos de prisão e acusado de espionagem a favor da Rússia.

A troca de prisioneiros teve lugar numa ponte sobre o rio Piusa, uma região remota do país.

“Estou muito feliz por estar de regresso a casa. Quero agradecer a todos quantos me apoiaram e não se esuqeceram de mim. Um agradecimento especial a todos aqueles que ajudaram a minha família…”, Kohver numa conferência de imprensa já em território nacional.

A troca de espiões traz à memória a Guerra Fria.

A detenção de Kohver teve lugar em setembro do ano passado e provocou uma crise entre os dois países.

A Estónia afirma que Kohver foi detido em território nacional, ao passo que a Rússia defende que a sua detenção ocorreu em território russo.

A troca de espiões tem lugar numa altura em que as relações entre os dois países atravessam um período difícil na sequência da anexação da Crimeia pela Rússia.