Última hora

Última hora

UE, Rússia e Ucrânia chegam a acordo para garantir fornecimentos de gás

A União Europeia, a Rússia e a Ucrânia chegaram a acordo para garantir a partir do início de outubro e, pelo menos, até março do próximo ano os

Em leitura:

UE, Rússia e Ucrânia chegam a acordo para garantir fornecimentos de gás

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia, a Rússia e a Ucrânia chegaram a acordo para garantir a partir do início de outubro e, pelo menos, até março do próximo ano os fornecimentos de gás russo através do território ucraniano, suspensos desde 1 de julho.

Moscovo aplicará um desconto no preço praticado a Kiev, que comprará já dois mil milhões de metros cúbicos de gás por cerca de 500 milhões de euros.

O ministro russo da Energia afirmou que o acordo inclui “obrigações mútuas, que vão garantir os fornecimentos para o Inverno e a passagem segura através do território ucraniano para os consumidores europeus”.

O homólogo ucraniano disse que “as condições comerciais são aceitáveis e […] constituirão um forte apoio para a economia [da Ucrânia], o que é muito importante dada a situação atual”.

A Comissão Europeia, que atuou como mediadora, comprometeu-se por seu lado a continuar a apoiar financeiramente a Ucrânia, para que possa continuar a comprar gás russo e assegurar o transporte para o espaço comunitário.