Última hora

Em leitura:

Liga dos Campeões: Benfica faz história em Madrid, Cristiano Ronaldo também mas em Malmö


Desporto

Liga dos Campeões: Benfica faz história em Madrid, Cristiano Ronaldo também mas em Malmö

Trinta e dois anos depois, o Benfica voltou a festejar uma vitória em Espanha. A equipa de Rui Vitória foi ao Vicente Calderón derrotar o Atlético de Madrid por 2-1 e isolou-se na liderança do grupo C da Liga dos Campeões. Os encarnados estão agora numa posição privilegiada para conseguir um lugar nos oitavos-de-final.

Com três derrotas e sem nenhum golo marcado nos três desafios efetuados longe do Estádio da Luz esta temporada, não se pode propriamente dizer que o favoritismo estivesse do lado do Benfica. Ainda mais, o Atlético de Simeone nunca antes tinha perdido em casa para a principal competição do futebol europeu.

O início do jogo pareceu confirmar isso mesmo. Os colchoneros estiveram sempre por cima e foi sem surpresa que se adiantaram no marcador por Correa. Não fosse a excelente exibição de Júlio César, e os encarnados até podiam ter saído de Madrid com uma derrota pesada.

O guarda-redes brasileiro brilhou, mas não tanto como Nico Gaitán. O criativo argentino voltou a mostrar que o seu lugar é entre a elite do futebol europeu. Restabeleceu a igualdade ainda antes do intervalo e deu o golo da vitória a Gonçalo Guedes a abrir o segundo tempo.

Até final ainda houve muito para sofrer mas a linha defensiva dos encarnados disse sempre presente. Depois do triunfo de 1982 frente ao Bétis, em Sevilha, o Benfica voltou a festejar uma vitória em Espanha.

Ronaldo iguala Raúl

Nos outros jogos da noite, destaque para os dois golos de Cristiano Ronaldo no terreno do Malmö. O bis valeu os três pontos aos merengues e ainda permitiu ao atacante português igualar Raúl como o melhor marcador de sempre do clube.

Têm ambos 323 golos, o madeirense precisou de apenas 308 jogos para o fazer, o espanhol 741.

Em Mönchengladbach, o Manchester City precisou de um penálti no último minuto de Sergio Agüero para conquistar os três pontos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

Desporto

Depois da Inglaterra, País de Gales procura vitória frente às Ilhas Fiji