Última hora

Última hora

Países do G7 e do Golfo prometem fundos para refugiados

É uma iniciativa alemã com a adesão dos países mais industrializados e ricos do mundo, as agências das Nações Unidas que ajudam os refugiados vão

Em leitura:

Países do G7 e do Golfo prometem fundos para refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

É uma iniciativa alemã com a adesão dos países mais industrializados e ricos do mundo, as agências das Nações Unidas que ajudam os refugiados vão receber apoio financeiro no valor de 1,6 mil milhões de euros das nações do G7 e do Golfo.

O ACNUR e o Programa Alimentar mundial serão os principais beneficiados. Os países que mais refugiados acolhem também vão ser ajudados.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Frank-Walter Steinmeier, anunciou que “só a Alemanha vai contribuir com 100 milhões de euros e com este dinheiro não vamos apenas apoiar as agências humanitárias, mas também as nações anfitriãs que têm dado muito apoio a tanta gente à luz da crise síria – a Turquia, o Líbano e a Jordânia.

A promessa de financiamento foi anunciada em Nova Iorque.

Apesar de dinheiro fresco, os fundos não são suficientes para suprir as necessidades deste ano. As Nações Unidas estão a pedir o valor recorde de 20 mil milhões de dólares.