Última hora

Última hora

Multa de 68 euros para fumadores que infrinjam as novas regras de Paris e Londres

Paris, Inglaterra e o País de Gales começaram esta quinta-feira, 1 de outubro, novas frentes de luta contra os fumadores. A partir de agora há uma

Em leitura:

Multa de 68 euros para fumadores que infrinjam as novas regras de Paris e Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Paris, Inglaterra e o País de Gales começaram esta quinta-feira, 1 de outubro, novas frentes de luta contra os fumadores. A partir de agora há uma multa de 68 euros para quem for apanhado a atirar beatas de cigarro para o chão na capital francesa ou para quem fume dentro de um carro que transporte crianças em Inglaterra e no País de Gales.

A sanção na capital francesa não é nova, mas antes era de apenas 35 euros e raramente era aplicada. Agora, há uma nova política e até aos turistas podem ser multados. A cerca de dois meses da Conferência das Nações unidas sobre as Alterações Climáticas, que se vai realizar entre 30 de novembro e 11 de dezembro em Paris, o executivo parisiense liderado pela presidente Hanne Hidalgo quere “lavar” a cara à “cidade luz.”

(“A propriedade é um assunto de todos. Em Paris, deitar beatas para a rua pode custar 68 euros”)

Todos os anos, cerca de 4900 funcionários camarários trabalham na limpeza da capital francesa. A quantidade de beatas recolhidas é impressionante. “Em Paris, recolhemos 350 toneladas de beatas por ano. É uma porcaria. É nos passeios, nas sarjetas, nos parques e jardins, e até nas caixas de areia onde brincam as crianças. É por isso que queremos que todos os que gostam Paris deixem de deitar para o chão as beatas”, afirmou Mao Peninou, o vice-presidente da câmara parisiense.

Implementadas desde esta quinta-feira, as novas sanções surgem depois de as autoridades terem começado há algumas semanas a passar multas falsas como forma de prevenção. Um novo tipo de lixeiras públicas com cinzeiros incorporados foram distribuídas pela cidade e ainda foi disponibilizado aos parisienses um género de cinzeiro de bolso.

As medidas parecem ter resultado e já há quem evite sujar Paris com beatas de cigarro. Há por exemplo, quem apague o cigarro e o deite no lixo; quem corte e guarde o filtro para deitar fora mais tarde; e até quem se dê ao trabalho de andar com um maço de cigarros vazio só para lhe meter dentro as beatas.

Índice de cidades mais visitadas:

1.° Londres (Reino Unido): 18,82 milhões*;
2.° Banguecoque (Tailândia): 18,24 milhões;
3.° Paris (França): 16,06 milhões;
4.° Dubai (EAU): 14,26 milhões;
5.° Istambul (Turquia): 12,56 milhões.

* milhões de visitantes estrangeiros em 2015

De acordo com o índice da MasterCard publicado no início de junho para as cidades mais visitadas do mundo (ver top-5 ao lado), Paris é a segunda cidade europeia com mais turistas, atrás de Londres, onde a partir desta quinta-feira também há novas regras antitabaco.

A nova lei, que já está a ser implementada em Inglaterra e no País de Gales, proíbe os fumadores de acenderem cigarros no interior de veículos que transportem a bordo menores de 18 anos. Infringir esta regra, mesmo que as janelas ou o teto de abrir da viatura estejam abertos, pode custar uma multa de 50 libras (68 euros).

(“Agora é ilegal fumar num veículo com um menor de 18 anos a bordo, em Inglaterra”)

A sanção britânica só não será aplicada a quem conduzir descapotáveis com a capota do carro recolhida ou a quem fume cigarros eletrónicos (e-cigarros). O Parlamento da Escócia deverá debater em breve a adesão a esta nova proibição. A Irlanda do Norte quer avaliar os resultados desta nova lei antes de avançar para a eventual implementação.

De acordo com a Fundação Pulmonar Britânica, mais de 43.000 crianças são expostas a cada semana ao fumo de cigarros alheios dentro de carros.

Esta quinta-feira arrancou também uma campanha no Reino Unido intitulada “Stoptober” a apelar a deixar de fumar. No primeiro esforço, os organizadores da campanha desafiam os fumadores a parar de fumar por 28 dias, começando exatamente a 1 de outubro.

(”‘Stoptober’ está aqui! Boa sorte a todos vós que estão a participar. Estamos aqui para vos ajudar.”)