Última hora

Última hora

Estados Unidos: Comparação entre mortes por armas de fogo e mortes por terrorismo

Impotente face aos casos crescentes de ataques com armas de fogo nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama lançou um apelo aos media para que

Em leitura:

Estados Unidos: Comparação entre mortes por armas de fogo e mortes por terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

Impotente face aos casos crescentes de ataques com armas de fogo nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama lançou um apelo aos media para que comparem os números dos mortos a tiro e dos mortos por terrorismo no país. Uma forma de tentar mudar a opinião pública norte-americana sobre o uso das armas.

O massacre do Orégon foi o 45° ataque a tiro em escolas do país desde o início do ano. No total, registaram-se nos Estados Unidos 994 ataques com armas nos últimos três anos.

Fizemos a comparação solicitada por Obama, e os números falam por si.

1 – Mortes nos Estados Unidos com armas de fogo e mortes por atos terroristas:

A título de exemplo, no ano de 2014, 42 pessoas foram mortas nos Estados Unidos por ações terroristas. Por ataques com armas de fogo, 8124.

2- Gastos com as campanhas de lobbying da National Rifle Association (NRA) , a poderosa associação que defende o porte e uso generalizado de armas de fogo.

3- Relação entre os mortos por atos terroristas e os investimentos feitos em matéria de segurança pela administração norte-americana.

Depois do 11 de setembro a prevenção do terrorismo tem sido uma prioridade para Washington, enquanto isso, a circulação de armas nas mãos dos cidadãos não tem parado de aumentar.