Última hora

Última hora

Síria: Rússia realizou 20 raides aéreos em 24 horas

Em 24 horas, a Rússia efetuou 20 raides aéreos na Síria. Dimitri Medvedev justifica intervenção com a política da "guerra preventiva" inventada por Bush

Em leitura:

Síria: Rússia realizou 20 raides aéreos em 24 horas

Tamanho do texto Aa Aa

Quarto dia de bombardeamentos da força aérea russa na Síria. Segundo o ministério da Defesa, este sábado, foram realizados 20 raides aéreos contra posições dos jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico, mas também contra grupos rebeldes que combatem o regime de Bashar al-Assad, que é apoiado por Moscovo.

Desde o início da operação lançada pelo Kremlin morreram pelo menos 39 civis e 14 jihadistas, afirma o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

Numa entrevista, o primeiro-ministro russo socorreu-se da política de “guerra preventiva”, inventada por George W. Bush, para justificar a intervenção. Dimitri Medvedev afirma que “ é melhor defender o povo russo da ameaça terrorista para lá das fronteiras do que ter de combater os terroristas dentro do país”.

O primeiro-ministro britânico juntou-se a Barack Obama na crítica à intervenção russa na Síria. David Cameron considera que a forma como Moscovo está a atuar “só agrava a situação” no terreno e apenas serve para apoiar “Assad, o carniceiro”, nas palavras do líder britânico.

Quatro anos de conflito na Síria custaram a vida a 240.000 pessoas e criaram 4 milhões de refugiados.