Última hora

Última hora

Air France: Governantes querem sanções exemplares para agressores

Os governantes franceses pedem sanções exemplares para os agressores dos dirigentes da Air France e mostram-se preocupados com a imagem do país no

Em leitura:

Air France: Governantes querem sanções exemplares para agressores

Tamanho do texto Aa Aa

Os governantes franceses pedem sanções exemplares para os agressores dos dirigentes da Air France e mostram-se preocupados com a imagem do país no estrangeiro.

Xavier Broseta, director de recursos humanos, teve saltar uma vedação para evitar o pior depois de ter sido agredido por colegas, no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.

Pierre Plissonnier, vice-presidente da companhia foi ajudado a fugir pela polícia para evitar os manifestantes.

Os principais jornais internacionais fizeram manchete sobre a crise que se assola a companhia.

O presidente francês, François Hollande declarou: “O diálogo social conta, e quando é interrompido pela violência, com protestos inaceitáveis, vemos que isso pode ter consequências na imagem da França.”

“ Nada pode justificar tais atos, esses comportamentos são obra de marginais vai ter pesadas sanções contra aqueles que estão envolvidos neles”, disse o primeiro-ministro Manuel Valls.

Os sindicatos tinham convocado uma manifestação à porta da sede social situada nas imediações do aeroporto parisiense de Roissy-Charles de Gaulle para protestarem contra uma reestruturação que prevê a eliminação de perto de 3 mil postos de trabalho em dois anos.