Última hora

Última hora

Eurodeputados comentam discursos de Merkel e Hollande no Parlamento Europeu

As reações dos eurodeputados que assistiram aos discursos da chanceler alemã, Angela Merkel, e do presidente francês, François Hollande, não se

Em leitura:

Eurodeputados comentam discursos de Merkel e Hollande no Parlamento Europeu

Tamanho do texto Aa Aa

As reações dos eurodeputados que assistiram aos discursos da chanceler alemã, Angela Merkel, e do presidente francês, François Hollande, não se fizeram esperar.

O líder do grupo liberal, o belga Guy Verhofstadt comentou as intervenções: “A única resposta positiva é não retroceder atrás das fronteiras nacionais, como os nacionalistas referem. É preciso superar a crise dando um salto em frente rumo à integração da União Europeia.”

O eurocético Nigel Farage, líder do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), foi mais longe: “Esta não é uma Europa de paz. É uma Europa da divisão, sem harmonia. É a receita para o ressentimento. Quando confrontados com este falhanço, os dois líderes disseram a mesma coisa. Referiram que a Europa não está a funcionar e que precisamos de ter mais Europa. Mais do mesmo falhanço.”

Em clima de sintonia, quer Angela Merkel quer François Hollande proferiram discursos dominados por questões como o conflito sírio e a crise de refugiados que afeta a Europa.