Última hora

Última hora

Aumenta o número de israelitas atacados com armas brancas

São vários os casos de violência, contra israelitas, relatados nos últimos dias. Um estudante de um seminário ficou ferido, esta quinta-feira, ao ser

Em leitura:

Aumenta o número de israelitas atacados com armas brancas

Tamanho do texto Aa Aa

São vários os casos de violência, contra israelitas, relatados nos últimos dias. Um estudante de um seminário ficou ferido, esta quinta-feira, ao ser esfaqueado na estrada principal de Jerusalém.

Também esta quinta-feira, o Presidente palestiniano pediu a Israel que se mantenha longe de lugares sagrados como a mesquita de Al-Aqsa, para evitar tensões, e garantiu que não apelará a que o seu povo se envolva em atos de violência:

“Não vamos agir como eles, não vamos usar violência ou força, somos pacíficos, acreditamos na paz, na resistência popular pacífica”, afirmou Mahmoud Abbas.

Um israelita ficou gravemente ferido, no colonato de Kiriat Arbá, em Hebron, depois de ser apunhalado. Uma hora antes três pessoas tinham sido feridas ao serem atacadas também com armas brancas.

Em Telavive, próximo de um quartel militar ocorreu situação idêntica. O resultado quatro feridos, entre eles, um soldado israelita.