Rússia no centro do debate entre os ministros da Defesa da NATO

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Rússia no centro do debate entre os ministros da Defesa da NATO

A Rússia, e seu papel no conflito sírio, está no centro do debate em Bruxelas, na reunião de ministros da Defesa da NATO.

A Aliança Atlântica está preocupada com os bombardeamentos russos na Síria, principalmente, depois da invasão do espaço aéreo turco por parte de aviões russos. Teme que a Rússia, país que apoia o Presidente Bashar al-Assad, vá para lá dos bombardeamentos a alvos do autoproclamado Estado Islâmico, como explica o Secretário-geral da Nato, Jens Stoltenberg:

“A nossa preocupação é particularmente relevante no âmbito das recentes violações do espaço aéreo da NATO por aeronaves russas. O que me preocupa é que os russos não tenham como alvo principal o ISIS mas que estejam a atingir grupos da oposição já que estão a apoiar o regime sírio. Peço à Rússia que desempenhe um papel construtivo e de cooperação na luta contra o ISIS”.

Depois de uma semana de bombardeamentos a Rússia está agora a usar mísseis de cruzeiro lançados a partir do Mar Cáspio.

Para o Secretário-geral da NATO, a intensificação dos ataques russos não ajuda, em nada, a procura de uma solução política para o conflito na Síria.