Última hora

Última hora

Aumenta a tensão e a violência entre israelitas e palestinianos

A vaga de agressões com armas brancas, que têm vindo a ser conduzidas por palestinianos contra israelitas, sofreu uma reviravolta esta sexta-feira

Em leitura:

Aumenta a tensão e a violência entre israelitas e palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de agressões com armas brancas, que têm vindo a ser conduzidas por palestinianos contra israelitas, sofreu uma reviravolta esta sexta-feira quando um jovem judeu, de 17 anos, esfaqueou dois palestinianos e dois israelitas muçulmanos. O incidente aconteceu em Dimona, no sul de Israel e terá, segundo uma porta-voz da polícia israelita, motivações nacionalistas.

Mas os ataques de palestinianos a israelitas também continuam. Um polícia foi esfaqueado, perto de um colonato judeu na Cisjordânia. Acabou por morrer, segundo a agência de notícias Reuters.

Entretanto o líder do Hamas defendeu que a violência na Cisjordânia é uma nova intifada, que está a ser promovida nas redes sociais, e chama de heróis às pessoas que têm vindo a atacar israelitas:

“Hoje dizemos, aos heróis das armas brancas, àqueles que estão a agir individualmente e aos nossos familiares na Cisjordânia e em Jerusalém, e em toda parte, a partir de Gaza dizemos que não vamos esquecer o que temos de fazer”, afirmou Ismail Haniyeh.

Também esta sexta-feira uma mulher, que se acredita ser palestiniana, tentou esfaquear um polícia, no norte de Israel e foi baleada pela polícia. Estará gravemente ferida.