Última hora

Última hora

Ataque em Gaza e atentado na Cisjordânia aumentam "fosso" entre israelitas e palestinianos

Israelitas e palestinianos continuam a trocar acusações sobre o clima de tensão crescente no território, comparado já a uma terceira intifada. Pelo

Em leitura:

Ataque em Gaza e atentado na Cisjordânia aumentam "fosso" entre israelitas e palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Israelitas e palestinianos continuam a trocar acusações sobre o clima de tensão crescente no território, comparado já a uma terceira intifada.

Pelo menos dois palestinianos morreram e uma palestiniana e um polícia israelita ficaram feridos nas últimas horas, na sequência de um raide aéreo israelita em Gaza e depois de um atentado bombista falhado num posto de controlo à entrada de Jerusalém.

O ataque áereo desta noite em Gaza, que provocou a morte de uma mãe e da filha de dois anos, ocorre depois do escudo de proteção israelita ter intercetado o lançamento de um rocket de território palestiniano, na noite de sábado.

Na Cisjordânia, um polícia israelita ficou ferido depois de uma mulher palestiniana ter ativado uma bomba na viatura que conduzia, quando se aproximava de um posto de controlo à entrada de Jerusalém.

No sábado, dois palestinianos tinham morrido durante confrontos na fronteira israelita, quando dois polícias e dois civis israelitas ficaram feridos na sequência de novos ataques com arma branca na cidade velha de Jerusalém.

Ao telefone ontem, com o responsável da diplomacia norte-americana, John Kerry, tanto o primeiro-ministro israelita como o presidente palestiniano apelaram ao fim do que consideram ser “provocações”.

Desde o início de outubro que a vaga de ataques e represálias já provocou a morte de 21 palestinianos e quatro israelitas. Israel rejeitava, esta manhã a possibilidade de encerrar as fronteiras com a Cisjordânia.