Última hora

Última hora

Guiné Conacri: Condé quer eleição à primeira volta

Alpha Condé aposta na eleição à primeira volta, mas a oposição já prometeu contestar os resultados.

Em leitura:

Guiné Conacri: Condé quer eleição à primeira volta

Tamanho do texto Aa Aa

Seis milhões de eleitores são chamados às urnas para eleger o novo presidente da Guiné-Conacri.

O atual chefe de Estado, Alpha Condé, aposta na eleição à primeira volta, mas a oposição já prometeu contestar os resultados.

Há cinco anos, Condé, um antigo opositor à ditadura, tornou-se no primeiro presidente democraticamente eleito no país, ao vencer na segunda volta o antigo primeiro-ministro Cellou Dalein Diallo.

Este ano, Diallo volta a concorrer. A oposição diz que o objetivo de Condé de ser eleito à primeira volta só pode acontecer através de fraudes e denunciou práticas ilegais como a inscrição de menores nos cadernos eleitorais.

O mandato de Condé foi marcado pela epidemia mortífera de Ébola. O país foi dos mais tocados pela catástrofe. A oposição acusa Condé de má gestão da crise. O presidente contrapõe com o acabamento da barragem de Kaléta ou ainda as reformas da justiça e do exército.