Última hora

Última hora

Ébola: Enfermeira britânica em "estado crítico"

A enfermeira britânica que contraiu o vírus do Ébola encontra-se em “estado crítico”. Pauline Cafferkey foi transferida para o Royal Free Hospital

Em leitura:

Ébola: Enfermeira britânica em "estado crítico"

Tamanho do texto Aa Aa

A enfermeira britânica que contraiu o vírus do Ébola encontra-se em “estado crítico”.

Pauline Cafferkey foi transferida para o Royal Free Hospital, em Londres, na sexta-feira, onde foi colocada em isolamento.

A escocesa de 39 anos que contraiu o vírus do Ébola na Serra Leoa, enquanto trabalhava com a organização humanitária “Save the Children”, em dezembro do ano passado, esteve semanas em isolamento e foi-lhe dada alta em janeiro.

Logo após o último internamento, as autoridades sanitárias britânicas confirmaram que o vírus estava presente no seu organismo mas sublinharam que o risco de contágio era baixo.

Informaram, ainda, que foram identificadas cerca 60 pessoas que estiveram em contacto com Cafferkey e que vão ficar sob observação.

Nenhuma apresenta, até ao momento, sintomas.

O surto do Ébola na África Ocidental é o mais grave desde a identificação do vírus em 1976. Registaram-se mais de 11 mil mortes desde dezembro de 2013.