Última hora

Última hora

Lockerbie: Identificados dois novos suspeitos líbios

Vinte e sete anos depois, a justiça britânica identificou dois novos suspeitos líbios do atentado de Lockerbie. A notícia foi acolhida com entusiasmo

Em leitura:

Lockerbie: Identificados dois novos suspeitos líbios

Tamanho do texto Aa Aa

Vinte e sete anos depois, a justiça britânica identificou dois novos suspeitos líbios do atentado de Lockerbie. A notícia foi acolhida com entusiasmo por algumas famílias das vítimas.

As autoridades escocesas e norte-americanas querem interrogar os dois homens, atualmente nas prisões líbias.

O nome de Abdullah Senoussi, antigo chefe dos serviços secretos do regime Khadafi, surge no documentário de Ken Dornstein, irmão de uma das vítimas.

O outro suspeito é Abu Agila Mas’ud, perito em engenhos explosivos.

Ken Dornstein, autor do documentário “My Brother’s Bomber”, afirma: “Espero que a um dado momento haja um julgamento, que ele seja confrontado com as provas, com as questões que lhe temos a colocar. Para que possamos descobrir, de uma vez por todas, se foi o perito da bomba neste caso, quem foi o responsável e porquê. Eu acredito que a teoria é verdadeira”.

A única pessoa condenada pelo atentado foi Abdelbaset al-Megrabi, falecido há três anos.

Em 2003, a Líbia pagou 2,4 mil milhões de euros em indemnizações às famílias das vítimas e reconheceu oficialmente o seu envolvimento na explosão do Boeing 747 da Pam Am a 21 de dezembro de 1988, na Escócia.

O atentado custou a vida a 270 pessoas.