Última hora

Última hora

Serviços secretos alemães suspeitos de novas espionagens ilegais

Os serviços secretos da Alemanha terão, alegadamente, espiado vários líderes de países aliados, como França ou os Estados Unidos da América. De

Em leitura:

Serviços secretos alemães suspeitos de novas espionagens ilegais

Tamanho do texto Aa Aa

Os serviços secretos da Alemanha terão, alegadamente, espiado vários líderes de países aliados, como França ou os Estados Unidos da América.

De acordo com a revista “Der Spiegel” os serviços federais de informação externa alemães – BND, mantiveram sob vigilância, desde 2013, as comunicações de embaixadas e outros departamentos de países aliados.

As críticas surgem de vários quadrantes da política germânica.

“Não há vácuos legais para os serviços de informação. Caso estejam ativos em qualquer lugar, sem base jurídica, é ilegal e tem de haver consequências!”, exclama o ministro alemão da justiça, Heiko Maas.

Christian Stroebele, do partido ecologista “Os verdes, “Ou o BND está a agir à revelia da chancelaria ou, então, a chancelaria sabia e acobertou-os. Ambas as situações são más.”

Esta não é a primeira vez que os serviços federais de informação externa alemães estão debaixo de fogo.

Em 2013 foram acusados de terem, alegadamente, espiado para a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos vários responsáveis do Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, da Presidência francesa e da Comissão Europeia.