Última hora

Última hora

Exército iraquiano conquista Baiji aos rebeldes "jihadistas"

As forças militares iraquianas apoiadas por milícias xiitas estão a prestes a reclamar o controlo completo da cidade de Baiji, cerca de 200

Em leitura:

Exército iraquiano conquista Baiji aos rebeldes "jihadistas"

Tamanho do texto Aa Aa

As forças militares iraquianas apoiadas por milícias xiitas estão a prestes a reclamar o controlo completo da cidade de Baiji, cerca de 200 quilómetros a norte de Bagdade.

(“Explosivos armazenados pelo ISIL apreendidos em Baiji com as forças xiitas a tomar o controlo do centro da cidade e dos arredores.”)

Baiji representa um importante ponto estratégico na luta contra os rebeldes do grupo autoproclamado Estado Islâmico (ISIL, na sigla inglesa), nomeadamente como ponto de apoio no avanço para a província de Anbar, no leste do país.

Pelo menos a parte industrial, onde uma refinaria terá sido destruída e deixada inutilizada, e o centro da cidade já estarão mesmo com a bandeira iraquiana hasteada.

De acordo com a Central de Comando dos Estados Unidos, que lidera a aliança internacional no Iraque, Baiji encontra-se bem no meio de uma região onde o ISIL opera livremente. Esta tem sido, por isso, uma zona de fortes bombardeamentos sobre posições “jihadistas”.


De acordo com Haider al-Abadi, o primeiro-ministro iraquiano, a tomada de Baiji é a segunda fase da operação realizada para recuperar o controlo de Tikrit.