Última hora

Última hora

China: Crescimento económico a abrandar

A economia chinesa está a abrandar. A segunda maior economia do mundo cresceu 6,9% no terceiro trimestre de 2015 em comparação com o período homólogo

Em leitura:

China: Crescimento económico a abrandar

Tamanho do texto Aa Aa

A economia chinesa está a abrandar.

A segunda maior economia do mundo cresceu 6,9% no terceiro trimestre de 2015 em comparação com o período homólogo de 2014.

Os dados divulgados pelo Gabinete Nacional de Estatísticas da China mostram que esta é a menor taxa de crescimento registada desde 2009.

Entre junho e setembro o Produto Interno Bruto da China caiu 0,1% face à taxa de 7%, registada no semestre anterior.

As autoridades chinesas mantêm-se confiantes.

“A nossa economia está a enfrentar uma grande pressão pelo abrandamento do crescimento e está a ajustar-se. Mas os fundamentos económicos mantiveram-se inalterados, e a situação do emprego é, em geral, saudável”, assegura Sheng Laiyun, do Gabinete Nacional de Estatísticas da China.

As exportações registaram um decréscimo de 3,7%, em setembro, face ao período homólogo.

Para combater o abrandamento económico e manter o crescimento dentro das expectativas para o final do ano, de 7%, Pequim cortou as taxas de juro cinco vezes desde novembro de 2014 e aumentou a despesa pública em mais de 10,3%, nomeadamente em infraestruturas.