Última hora

Última hora

Mercados acolhem plano de reestruturação do Deutsche Bank

Os mercados mostraram-se recetivos ao plano de reestruturação do Deutsche Bank apresentado, no domingo, pelo presidente da instituição. O plano de

Em leitura:

Mercados acolhem plano de reestruturação do Deutsche Bank

Tamanho do texto Aa Aa

Os mercados mostraram-se recetivos ao plano de reestruturação do Deutsche Bank apresentado, no domingo, pelo presidente da instituição.

O plano de John Cryan, que assumiu a direção do maior banco alemão em julho, inclui a divisão do de investimento em dois e a substituição de alguns gestores de topo. O objetivo é aumentar a eficiência e a rentabilidade do banco.

“O Deutsche Bank passou muito tempo a lutar para encontrar um rumo, com aqueles dois executivos, mas, também, a tentar manter-se a par dos norte-americanos e, encontra-se, ligeiramente, como um peixe fora de água. Por isso, penso que o início do processo começa com a mudança da gestão e isso vai levar algum tempo a resolver. Penso que isso representa um bom ponto de partida”, considera o analista económico, da IG, Chris Beauchamp.

Os mercados reagiram positivamente. As ações do Deutsche Bank começaram a semana a registar ganhos superiores a 3%, na bolsa de Frankfurt.

No início do mês o banco anunciou que prevê fechar o terceiro trimestre com prejuízos de 6,2 mil milhões de euros.