Última hora

Última hora

Israel: Ban Ki-Moon pede fim da violência e alerta contra uso de força

O fim imediato da violência e um regresso às negociações de paz, interrompidas há mais de um ano e meio: este foi o apelo feito pelo secretário-geral

Em leitura:

Israel: Ban Ki-Moon pede fim da violência e alerta contra uso de força

Tamanho do texto Aa Aa

O fim imediato da violência e um regresso às negociações de paz, interrompidas há mais de um ano e meio: este foi o apelo feito pelo secretário-geral da ONU, no primeiro dia de uma visita surpresa a Israel e aos territórios palestinianos.

Depois de um encontro em Telavive com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, Ban Ki-Moon disse que “é preciso impedir que a situação se transforme num conflito religioso com eventuais consequências regionais. É preciso criar condições para negociações significativas que ponham fim à ocupação e concretizem as aspirações de ambos os povos”.

O secretário-geral das Nações Unidas também alertou, esta terça-feira, contra o uso excessivo da força.

Ban Ki-Moon defendeu que “as medidas de segurança podem ser contraprodutivas, se forem aplicadas sem um esforço especial para resolver as situações antes de haver perda de vidas. Se o uso da força não for corretamente calibrado, pode alimentar as frustrações e ansiedades que tendem a dar origem à violência”.

Hoje o responsável da ONU tem encontro marcado na Cisjordânia com o presidente da Autoridade Palestiniana. Mahmud Abbas debateu ontem com a presidente da Lituânia a escalada de violência no Médio Oriente.