Última hora

Última hora

Refugiados: Eslovénia mobiliza militares e pede ajuda à EU

Mais de 20 mil refugiados chegaram à Eslovénia em menos de uma semana. Para os que fogem à guerra trata-se de mais uma etapa de uma viagem repleta de

Em leitura:

Refugiados: Eslovénia mobiliza militares e pede ajuda à EU

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 20 mil refugiados chegaram à Eslovénia em menos de uma semana.

Para os que fogem à guerra trata-se de mais uma etapa de uma viagem repleta de dificuldades. Para as autoridades do país balcânico – com dois milhões de habitantes – uma verdadeira dor de cabeça.

Este grupo chegou da Croácia e quer chegar à Áustria, mas as restrições de entrada impostas pelo país pode adiar a concretização do sonho.

Um refugiado iraquiano diz que a água do rio está muito fria e que as pessoas precisam de roupa e de comida.

A Eslovénia diz não ter capacidade para dar resposta às solicitações e pede ajuda à União Europeia.

O parlamento aprovou, entretanto, o envio de tanques e militares para a fronteira com a Croácia.

Ao país chegam em média, diariamente, 8 mil refugiados. A Áustria, por exemplo, limitou o número de entradas a 1500 por dia.