Última hora

Última hora

The Lady in the Van, um sucesso anunciado com Maggie Smith

Em leitura:

The Lady in the Van, um sucesso anunciado com Maggie Smith

Tamanho do texto Aa Aa

The Lady in the Van conta a história verídica da amizade de Alan Bennett com Miss Mary Shepherd, uma mulher excêntrica, que não tem casa, com quem o

The Lady in the Van conta a história verídica da amizade de Alan Bennett com Miss Mary Shepherd, uma mulher excêntrica, que não tem casa, com quem o dramaturgo e autor britânico Alan Bennett fez amizade na década de 1970, antes de a autorizar a estacionar temporariamente a sua carrinha Bedford na garagem de casa, onde ficou durante 15 anos.

O filme teve a estreia europeia no Festival de Cinema de Londres. O realizador, Nicholas Hytner, é também um diretor de teatro e ópera com sucesso. Já foi o diretor artístico do Teatro Nacional de Londres.

“Eu sei que ninguém que é capaz de fazer melhor, de fazer mais com um breve momento de silêncio, com uma linha. Quando ela (Maggie Smith) tem material como aquele que Alan Bennet lhe deu, vemos a arte de representar no seu auge. Ela é uma lenda porque consegue fazer tanto com tão pouco. Ela é uma atriz extraordinária,” afirma o realizador Nicholas Hytner.

Maggie Smith é uma das atrizes mais carismáticas da Grã-Bretanha – Com 80 anos, muitos foram os prémios que recebeu pelos trabalhos em cinema, teatro e televisão – foi duas vezes premiada com um Oscar.

“Ela costumava dizer, sobre essa peça, que foi o papel mais marcante que teve. Literalmente, porque ficava toda arranhada na carrinha. E acho que no filme não terá sido muito diferente. É muito difícil,” revela o autor e dramaturgo Alan Bennett

O ator Alex Jennings faz de Alan Bennett, que acolheu Mary Shepherd e carrinha na sua garagem em Camden Town, e assume a responsabilidade do papel que desempenha: “Toda a nação ama Alan Bennett. É uma grande responsabilidade. É um pouco estranho, ele está sempre presente. E acho que é estranho para ele também. Quando estávamos a filmar, e no Teatro Nacional, ele estava lá o tempo todo.”

A verdadeira senhora Shepherd viveu na carrinha, estacionada na garagem de Bennet, até que morreu em 1989 –

“Lady in the Van”, estreou no Toronto Film Festival e, agora, tem a estreia europeia em Londres, a 13 de Novembro. Em janeiro chega ao resto da Europa e EUA.