Última hora

Última hora

Tecnologia faz revelações sobre Pompeia e vítimas do Vesúvio

Em leitura:

Tecnologia faz revelações sobre Pompeia e vítimas do Vesúvio

Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, os investigadores estão a usar a tomografia axial computorizada para examinar os vestígios dos mortos que sucumbiram com a erupção

Em Itália, os investigadores estão a usar a tomografia axial computorizada para examinar os vestígios dos mortos que sucumbiram com a erupção vulcânica do Monte Vesúvio, em Pompeia, no ano 79 DC.

No século XIX os restos mortais das vítimas de Pompeia foram colocadas em gesso, o que facilitou a sua conservação. Agora, quando os investigadores querem analisar os ossos e dentes, usam um scanner de 16 camadas.

Os testes produziram resultados surpreendentes: os restos humanos analisados mostram que os habitantes da cidade tinham dentes perfeitos.

“A partir do estudo, descobrimos a ausência de cavidades nos dentes. Isso é muito interessante, mas não é totalmente surpreendente porque sabemos que a dieta mediterrânica tem os seus aspetos positivos. Isto é algo que só agora, com esta analise, foi possível ver,” revela o superintendente de Pompeia, Massimo Osana.

A qualidade dos dentes é explicada pelo fato de a dieta mediterrânica ser pobre em açúcar e pelo alto nível de fluor que estava presente água que bebiam. Entretanto, os pesquisadores descobriram que muitas das vítimas morreram não morreram sufocadas mas sim em consequência de terem sido atingidas por alvenaria que caiu.

“Houve uma grande discussão sobre como essas vítimas morreram, Temos mais de 1000 em Pompeia. A partir da análise realizada aos esqueletos que temos encontrado, deparámo-nos com muitos crânios partidos. Isso diz-nos que muitos morreram, por exemplo, devido aos telhados que caíram ou sob a pressão da pedra-pomes. A pedra-pomes é muito leve, mas quando atinge 2 metros de espessura pode fazer um telhado ruir; e muitos morreram por causa disso,” esclarece Massimo Osana.

Os arqueólogos têm a esperança de que, no futuro, o projeto venha a revelar ainda mais detalhes sobre a civilização. Os pesquisadores pretendem analisar 86 corpos humanos recentemente recuperados e restos de animais encontrados na escavação.