Última hora

Última hora

Argentina: vai haver segunda volta das presidenciais

Pela primeira vez, desde o fim da ditadura, será precisa uma segunda volta para se saber quem será o presidente da Argentina. No próximo dia 22 de

Em leitura:

Argentina: vai haver segunda volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez, desde o fim da ditadura, será precisa uma segunda volta para se saber quem será o presidente da Argentina.

No próximo dia 22 de novembro, o duelo será entre o conservador Mauricio Macri, presidente da Câmara de Buenos Aires, e o candidato do poder, Daniel Scioli.

Macri, historicamente forte na capital, conseguiu progredir em todo o país em detrimento do candidato de centro-esquerda da Frente para a Vitória, coligação no poder desde 2003, apoiado pela presidente cessante Cristina Fernandez Kirchner.

O resultado da primeira volta constitui uma surpresa, já que Scioli contava com uma vitória diretamente já neste domingo, pois as últimas sondagens, uma semana antes do escrutínio, davam-lhe uma vantagem de cerca de 10 pontos em relação a Macri.