Última hora

Última hora

Face a um alerta sanitário como reagem os consumidores?

Em leitura:

Face a um alerta sanitário como reagem os consumidores?

Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial da Saúde alertou para o risco de cancro face ao consumo excessivo de carnes tansformadas e carnes vermelhas. Os consumidores estarão prontos a alterar o seus hábitos de consumo?

“Não, eu penso que não, caso contrário, deixaria totalmente de comer. Enquanto tivermos um sentido equilibrado daquilo que ingerimos, acho que tubo está bem. Eu vou continuar a comer carne digam o que disser sobre o cancro”.

Os investigadores apontam as carnes transformadas como inimigo número um, esta italiana comenta: “Eu não vou modificar os meu hábitos de comer, sempre consumi carne processada em toda a minha vida e acho que muitas pessoas vão fazer como eu”.

Na Alemanha, terra da linguiça, este turista de Miami diz que não vai renunciar aos prazeres da mesa seja qual for o preço a pagar, mas começa a ter cuidados:

“Eu estou a tentar reduzir um pouco, apenas por descargo de consciência. Tento as escolhas mais saudáveis e estou a comer menos na Alemanha, é a primeira vez que como Currywurst, mas tudo está no equilíbrio.

E, finalmente, estamos no país dos pequenos-almoços ingleses. Este é o mercado de Brick Lane e aqui somos bombardeados com comida.

“Acho que é importante ter consciência dos alimentos em geral e essa é a meta realmente significativa. Todos os fim de semana há um novo alerta, isto é uma nova moda”.