Última hora

Última hora

"Rocky Horror Picture Show": travesti aos 40

A revolucionária e excêntrica ousadia do ator Tim Curry, em “Rocky Horror Picture Show”, festeja os 40 anos. O espetáculo musical que se tornou

Em leitura:

"Rocky Horror Picture Show": travesti aos 40

Tamanho do texto Aa Aa

A revolucionária e excêntrica ousadia do ator Tim Curry, em “Rocky Horror Picture Show”, festeja os 40 anos.

O espetáculo musical que se tornou filme em 1975, cumpriu quatro décadas de sucesso com uma festa em Londres.

Uma oportunidade para os fãs do filme de culto voltarem a transvestir-se como o célebre personagem Frank N. Further (intrepretado por Curry), sobre a passadeira vermelha do Royal Albert Hall.

“Eu diria que sou um fã do Rocky Horror Show, principalmente porque dá-me a possibilidade de sair da rotina de um armazém, onde trabalho, e de fazer algo realmente ousado”, afirma um dos participantes no evento.

Uma oportunidade para rever pela enésima vez o filme de série B que se transformou numa película de culto para toda uma geração, de David Bowie aos The Queen.

“Penso que o filme melhora a cada ano, cada vez melhor, mais pessoas descobrem a película pela primeira vez e vai sempre melhorando, é impossível não gostar das canções, de tudo”.

Tão impossível, que os estúdios norte-americanos preparam já uma nova versão da película para 2016. O “remake” deverá revisitar as canções e danças que, quarenta anos depois, são ainda hoje o símbolo da delirante época das “divas” por depilar e barbear, a nova revolução sexual dos anos setenta.