Última hora

Última hora

Turquia: protestos denunciam "apagão informativo" antes das eleições

Istambul e Ancara foram palco de manifestações para denunciar a “deriva autoritária” do presidente Recep Tayyip Erdogan e o “apagão informativo” nas

Em leitura:

Turquia: protestos denunciam "apagão informativo" antes das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Istambul e Ancara foram palco de manifestações para denunciar a “deriva autoritária” do presidente Recep Tayyip Erdogan e o “apagão informativo” nas vésperas das eleições para o parlamento turco.

Sem passar pelos tribunais, o governo nomeou um administrador para assumir a gestão da “holding” Koza Ipek, que detêm vários meios de comunicação críticos do regime.

O redator-chefe de uma das televisões em questão, Tarik Toros, diz que “foi uma operação para silenciar todas as vozes dissidentes que desagradam o partido no poder e que incluem meios de comunicação, ONGs e sindicatos. E está a ser feito o mesmo com os partidos da oposição e homens de negócios que não obedecem ao poder”.

O grupo Koza Ipek é alvo de uma investigação por suspeitas de financiamento de “atividades terroristas”, por ser próximo do poderoso círculo de influência do imã no exílio, Fethullah Gülen, considerado como “inimigo público número 1” pelo presidente turco.