Última hora

Última hora

Migrantes acumulam-se nos Balcãs

Milhares de migrantes acumulam-se na fronteira da Eslovénia com a Áustria. As autoridades só deixam passar 50 de cada vez, que são depois encaminhados de autocarro rumo à Alemanha.

Em leitura:

Migrantes acumulam-se nos Balcãs

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de migrantes acumulam-se na fronteira da Eslovénia com a Áustria. As autoridades só deixam passar 50 de cada vez, que são depois encaminhados de autocarro rumo à Alemanha.

As condições de vida são muito percárias e prometem agravar-se com a chegada do inverno.

As tendas de campanha e os centros de acolhimento não chegam para os migrantes e muitos passam as noites ao relento.

Desde terça-feira, as ligações ferroviárias entre a Croácia e a Eslóvenia foram restabelecidas. Liubliana tinha fechado as fronteiras aos comboios provenientes da Croácia no dia 16.

A meio da manhã desta quinta-feira, um porta-voz da polícia croata explicava que já tinham partido “cinco comboios desde a meia-noite” e que cada composição transporta cerca de “1000 pessoas” para a Eslovénia.

As autoridades estimam que, desde meados de outubro, mais de 100.000 refugiados e migrantes passaram pela Eslovénia rumo aos países mais ricos do Europa.