Última hora

Última hora

Negócios pesam mais na visita de Merkel à China

Angela Merkel aterrou na capital chinesa com uma série de contratos na bagagem. A componente económica é preponderante na agenda da chanceler alemã

Em leitura:

Negócios pesam mais na visita de Merkel à China

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel aterrou na capital chinesa com uma série de contratos na bagagem. A componente económica é preponderante na agenda da chanceler alemã durante a visita de dois dias ao Império do Meio. Angela Merkel foi recebida pelo homólogo chinês Li Keqiang. Os dois países assinaram um acordo de cooperação estratégica entre a Volkswagen e o ICBC, o Banco Chinês de Comércio e Indústria. Pequim também colocou preto no branco uma encomenda de 100 aviões Airbus A320, de quase 10 mil milhões de dólares a preço de catálogo, e confirmou a aquisição de três dezenas de A330 suplementares constantes num contrato assinado em junho, em França.

A chefe do executivo alemão também leva na bagagem uma agenda política. Merkel e o homólogo chinês pronunciaram-se a favor de uma saída diplomática para a crise síria. De acordo com Berlim, a questão dos direitos humanos será tema de conversa entre a chanceler e o presidente Xi Jinping.