Última hora

Última hora

Ex-conselheiros do Papa detidos por passar informações aos media

Mais perfume de escândalo no Vaticano: Duas pessoas, incluindo um padre, conselheiros do Papa Francisco, foram detidas por passar informações confidenciais.

Em leitura:

Ex-conselheiros do Papa detidos por passar informações aos media

Tamanho do texto Aa Aa

O perfume do escândalo paira, novamente, sobre a Santa Sé: As autoridades do Vaticano detiveram duas pessoas, acusadas de terem passado informações confidenciais à imprensa a respeito das finanças.

As duas figuras na mira das autoridades são o padre espanhol Ángel Vallejo Balda, membro da Opus Dei, e uma leiga italiana, perita em relações públicas, Francesca Chaouqui. Ambos faziam parte de uma comissão criada pelo Papa Francisco para o aconselhar quanto à reforma burocrática e financeira da Cúria Romana.

As detenções acontecem apenas a dois dias da publicação de dois livros que prometem revelar novos escândalos financeiros.

Um desses livros é da autoria de Gianluigi Nuzzi, o autor de Sua Santidade o livro que desencadeou o escândalo que ficou conhecido como Vatileaks e terá influenciado a renúncia de Bento XVI.

Essas revelações tinham por base as informações passadas plo mordomo do ex-papa, Paolo Gabriele.

As duas pessoas agora detidas terão também passado informações e Nuzzi e a outro jornalista italiano, Emiliano Fittipaldi, que publica igualmente um livro esta quarta-feira.