Última hora

Última hora

Rússia: Investigações preliminares revelam que avião da Metrojet não sofreu qualquer impacto

O Airbus A321 da Metrojet que caiu no sábado no Egito, “não foi atingido por qualquer objeto exterior e o piloto não lançou qualquer pedido de ajuda

Em leitura:

Rússia: Investigações preliminares revelam que avião da Metrojet não sofreu qualquer impacto

Tamanho do texto Aa Aa

O Airbus A321 da Metrojet que caiu no sábado no Egito, “não foi atingido por qualquer objeto exterior e o piloto não lançou qualquer pedido de ajuda, antes de desaparecer do radar”.

Estas são as conclusões preliminares de um membro da equipa de investigadores, que pediu o anonimato, depois de começar a analisar as caixas negras do avião.

Conclusões que contradizem a companhia russa.

“É por isso que a única explicação possível, que justifique a quebra do avião no ar, seria um impacto mecânico ou físico”, assegura o vice-diretor-geral da Metrojet, Alexander Smirnov.

O presidente russo expressou condolências às famílias enlutadas e garantiu que tudo será feito para se chegar à verdade sobre o que aconteceu à aeronave.

“Durante tragédias como esta, é muito importante sentir o apoio de entes queridos e a simpatia de todo o país por causa deste desastre terrível… Sem dúvida alguma, deve fazer-se tudo o que for possível para que se chegue a uma imagem objetiva do que aconteceu, para que saibamos o que aconteceu”, assegura Vladimir Putin.

Os familiares das 224 pessoas que seguiam a bordo do avião começaram a convergir para a morgue de São Petersburgo para doar amostras de ADN, de modo a que se comece o processo de identificação dos restos mortais.