Última hora

Última hora

Homicídio ou assassínio: Justiça sul-africana reexamina sentença contra Pistorius

A justiça sul-africana começou hoje a examinar o pedido de recurso da sentença por homicídio contra Oscar Pistorius. O ex-campeão paraolímpico tinha

Em leitura:

Homicídio ou assassínio: Justiça sul-africana reexamina sentença contra Pistorius

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça sul-africana começou hoje a examinar o pedido de recurso da sentença por homicídio contra Oscar Pistorius.

O ex-campeão paraolímpico tinha sido condenado há um ano a 5 anos de prisão por “homicídio involuntário”.

Um erro para o ministério público que voltou hoje a defender que os quatro tiros com que o atleta vitimou a namorada, há dois anos, revelam uma intenção clara de matar.

O processo que decorre apenas na presença dos advogados das duas partes poderá implicar um agravamento da pena, até 15 anos de prisão, se Pistorius for reconhecido culpado de assassínio.

Depois de dois dias de audiências, o tribunal de segunda instância de Bloemfontein, no centro do país, deverá anunciar a decisão dentro de algumas semanas.

Pistorius, de 29 anos, encontra-se em liberdade condicional desde há duas semanas, quando continua a afirmar-se inocente das acusações, ao ter disparado através de uma porta, segundo ele, pensando estar perante um intruso.

Uma versão reconhecida pela justiça em primeira instância, face à ausência de provas incriminatórias, quando o pedido de recurso deverá agora confirmar ou rejeitar a primeira condenação.