Última hora

Última hora

Takata: 200 milhões de dólares de multa pelos airbags defeituosos

O fabricante japonês de componentes automóveis é sancionado civilmente pelos airbags defeituosos que já provocaram a morte a 7 pessoas

Em leitura:

Takata: 200 milhões de dólares de multa pelos airbags defeituosos

Tamanho do texto Aa Aa

A Takata foi condenada a pagar uma multa recorde de 200 milhões de dólares, nos Estados Unidos. O fabricante japonês de componentes automóveis é sancionado civilmente pelos airbags defeituosos que equipam várias marcas de carros – e que já provocaram a morte a 7 pessoas e ferimentos a mais de uma centena.

Point of view

Os airbags produzidos pela empresa Takata são propensos a roturas explosivas e ao envio de fragmentos para o habitáculo do veículo - secretário de Estado norte-americano para os Transportes

“Sabemos que os airbags produzidos pela empresa Takata são propensos a roturas explosivas e ao envio de fragmentos para o habitáculo do veículo”, explica Anthony Foxx, secretário de Estado norte-americano para os Transportes.

A agência federal para a segurança rodoviária, por seu lado, insta ainda o fabricante a deixar de usar nitrato de amónio como agente propulsor.

A Takata deverá pagar imediatamente 70 milhões de dólares e acelerar a reparação dos 23 milhões de airbags que equipam automóveis de 12 construtores diferentes. Se não respeitar o acordo, pagará os restantes 130 milhões de dólares.