Última hora

Última hora

Roménia vive terceira noite consecutiva de protestos

Em leitura:

Roménia vive terceira noite consecutiva de protestos

Roménia vive terceira noite consecutiva de protestos
Tamanho do texto Aa Aa

Pela terceira noite consecutiva, um mar de gente saiu às ruas de Bucareste para protestar contra a corrupção da classe política, a quem acusam de ser responsável pela tragédia na discoteca que fez 32 mortos há uma semana.

A onda de contestação não se ficou pela capital da Roménia, outras cidades também foram palco de protestos de milhares de pessoas.

O presidente quer que sejam eleitos representantes para uma reunião esta sexta-feira.

Entre os manifestantes, há exigências. “Talvez eleições antecipadas. Vamos ver cuidadosamente a lista de representantes e dizer aos jovens que têm o nosso apoio, mas que têm de ser cuidadosos em quem confiam e votam”, diz uma mulher.

A contestação fez mesmo cair o primeiro-ministro Victor Ponta. Hoje um novo chefe de governo foi nomeado.

“Falei com todos os líderes partidários e desejo ter o apoio deles para continuar esta missão que na minha opinião é difícil. A Roménia é e deve continuar a ser um fator estabilidade”, afirmou Sorin Campeanu, o novo chefe de governo.

O turbulento cenário político romeno pode terminar em eleições antecipadas. A gestão da crise está nas mãos do presidente Klaus Iohannis. Analistas consideram que o chefe de Estado poderá estabelecer um governo interino até às eleições de 2016.