Última hora

Última hora

Roménia: Agrava-se o número de mortos do incêndio

Em leitura:

Roménia: Agrava-se o número de mortos do incêndio

Roménia: Agrava-se o número de mortos do incêndio
Tamanho do texto Aa Aa

Mais nove pessoas morreram de ferimentos sofridos no incêndio em Bucareste, na Roménia, há oito dias, elevando o número de mortos para 41.

Duas das mais recentes vítimas morreram na Holanda, de onde tinham sido transportados para tratamento especializado.

Um pouco mais de 100 pessoas ainda estão no hospital e mais de 40 em estado grave ou crítico.

Este acidente acendeu o rastilho da contestação no país, milhares de romenos tomaram as ruas para denunciarem a corrupção da classe política.

“Os atuais partidos estão cantonados no passado vai ser muito difícil mudarem de mentalidade. A sociedade civil precisa de novos líderes, é por isso que acho que eleições antecipadas não são solução. Três meses, o período mais curto para eleições antecipadas, não será suficiente para criar e atrair outras pessoas.”

O fogo começou na noite de 30 de outubro num concerto de rock na discoteca Colectiv na capital onde se encontravam 400 espectadores

Os protestos continuam pelo sexto dia consecutivo apesar da demissão do governo.