Última hora

Última hora

Nos EUA, Netanyahu fala do pós-acordo sobre o nuclear iraniano

Depois de ter classificado o acordo de "erro histórico", o primeiro-ministro israelita acabou por conformar-se

Em leitura:

Nos EUA, Netanyahu fala do pós-acordo sobre o nuclear iraniano

Tamanho do texto Aa Aa

De visita aos Estados Unidos, Benjamin Netanyahu evocou, pela primeira vez, o pós-acordo sobre o nuclear iraniano.

Depois de se ter batido arduamente contra o acordo alcançado, em julho, entre o ocidente e o Irão, peça-chave da política externa de Barack Obama, o primeiro-ministro israelita acabou por conformar-se.

“É preciso três coisas: manter a pressão; apoiar os nossos aliados e este em primeiro lugar; e pôr fim ao ciclo do terror. É isto que posso dizer a respeito do Irão”, afirmou Netanyahu. E acrescentou que é importante que Estados Unidos e Israel colaborem, para evitar que o Irão viole o acordo alcançado.

O encontro entre Netanyahu e Obama é o primeiro desde há mais de um ano, e sobretudo, o primeiro após o acordo de julho, que o chefe do governo israelita classificou, então, de “erro histórico”.