Última hora

Última hora

Israel irrita-se com etiquetas europeias dos colonatos

Os produtos provenientes de Israel e dos territórios ocupados vão ter etiquetagens diferentes. A União Europeia aprovou os rótulos dos produtos

Em leitura:

Israel irrita-se com etiquetas europeias dos colonatos

Tamanho do texto Aa Aa

Os produtos provenientes de Israel e dos territórios ocupados vão ter etiquetagens diferentes.

A União Europeia aprovou os rótulos dos produtos originários dos colonatos israelitas nos territórios palestinianos ocupados, medida que foi imediatamente criticada por Israel.

A UE considera tratar-se de uma medida “técnica” para informar os consumidores europeus e não de uma decisão “política” como afirma o governo israelita.

“Este é um assunto técnico e não político. Os produtos originários de Israel, de dentro das suas fronteiras reconhecidas internacionalmente beneficiam de um tratamento tarifário preferencial quando entram na União Europeia. A situação não vai mudar. A UE não apoia qualquer boicote ou sanções contra Israel”, anunciou Valdis Dombrovskis, Comissário Europeu para o Euro e o Diálogo Social.

Israel criticou imediatamente o anúncio da Comissão Europeia e convocou o representante da UE no país.

Benjamin Netanyahu disse que a União devia ter vergonha e que se tratou de uma decisão hipócrita, ditada por uma política de dois pesos e duas medidas, pois, adiantou, concerne apenas Israel e não os outros 200 conflitos territoriais no mundo.