Última hora

Última hora

Alemanha: Schäuble teme "avalanche" de refugiados

A Alemanha na tormenta após as palavras do ministro das Finanças que teme que uma “avalanche” de refugiados invada o país. Wolfgang Schäuble não

Em leitura:

Alemanha: Schäuble teme "avalanche" de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha na tormenta após as palavras do ministro das Finanças que teme que uma “avalanche” de refugiados invada o país.

Wolfgang Schäuble não esconde a sua posição contra a política de Angela Merkel sobre a questão dos refugiados e uma brecha está aberta no seio da coligação.

Em Berlim, as reações dos social-democratas espalharam-se pelas redes sociais.

O ministro da Justiça, Heiko Maas repondeu que “Na necessidade os homens não podem ser considerados como catástrofes. Devemos conduzir um debate não atiçar um fogo”.

Já o co-presidente do DIE- LINKE, Bernd Riexinger considera que o que se passa na Alemnha “não é uma avalanche, mas um bumerangue”.

Principal destino dos migrantes que fogem da Síria, do Afeganistão e de alguns países africanos, a Alemanha espera oficialmente receber este ano 800.000 requerentes de asilo.

Economistas calculam que o acolhimento destas pessoas custará ao país 22,6 mil milhões de euros em dois anos.