Última hora

Última hora

"Avril et le monde truqué": uma viagem poética pelo universo de Jacques Tardi

Em leitura:

"Avril et le monde truqué": uma viagem poética pelo universo de Jacques Tardi

Tamanho do texto Aa Aa

Esta semana, em Cinema box, Lise Pedersen destaca o filme de animação francês “Avril et le monde truqué”.

A ação desenrola-se em 1941. A França está parada numa era pré-industrial, centrada no uso do carvão, e em que os cientistas desaparecem misteriosamente. A personagem principal, Avril, vive sozinha com um gato capaz de falar. Os pais da heroína são cientistas e desaparecem, deixando-a sozinha. Um dia ao tentar encontrar um remédio para curar a doença do gato, a heroína descobre a fórmula mágica da força eterna, dando início a uma aventura que a vai levar a salvar a humanidade.

Realizado pela mesma produtora que fez “Persepolis”, o filme de animação é uma viagem poética através de um mundo alternativo.

O design gráfico é da autoria do desenhador francês de banda desenhada Jacques Tardi. As vozes são interpretadas por grandes atores franceses, como a multipremiada Marion Cotillard.

Feita para agradar a adultos e crianças, a obra venceu o primeiro prémio do festival de Cinema de Animação de Annecy.