Última hora

Última hora

Birmânia: maioria absoluta para partido de Aung San Suu Kyi

Maioria absoluta. O partido de venceu as primeiras eleições livres dos últimos 25 anos na Birmânia. De acordo com a comissão eleitoral, a Liga

Em leitura:

Birmânia: maioria absoluta para partido de Aung San Suu Kyi

Tamanho do texto Aa Aa

Maioria absoluta. O partido de venceu as primeiras eleições livres dos últimos 25 anos na Birmânia. De acordo com a comissão eleitoral, a Liga Nacional para a Democracia, o maior partido da oposição, conquistou 348 dos 491 assentos parlamentares nas legislativas de domingo. Resultados que permitem à formação liderada pela Nobel da Paz formar governo e propor dois dos três candidatos à presidência do país.

Viúva de um britânico e com filhos da mesma nacionalidade, Suu Kyi está para já impedida de se candidatar à chefia de Estado devido a um artigo da Constituição, que exclui pessoas casadas ou com filhos estrangeiros.

Em 1990, a Liga Nacional para a Democracia já tinha sido o partido mais votado, mas Suu Kyi nunca chegou a liderar o governo. Detida antes do escrutínio, passou 15 anos em prisão domiciliária. A autodissolução do regime militar em 2011 deu um novo alento aos apoiantes da Nobel da Paz eleita um ano mais tarde deputada pela Liga Nacional para a Democracia.