Última hora

Última hora

Futebol americano: Novo recorde para o "bronco" Peyton Manning

Peyton Manning, de 39 anos, tornou-se este fim de semana no “quarterback” com maior distância percorrida pelos passes efetuados, na história do

Em leitura:

Futebol americano: Novo recorde para o "bronco" Peyton Manning

Tamanho do texto Aa Aa

Peyton Manning, de 39 anos, tornou-se este fim de semana no “quarterback” com maior distância percorrida pelos passes efetuados, na história do futebol americano. Logo no primeiro período do embate contra os Kansas City Chiefs, o jogador dos Denver Broncos assinou um passe de 4 jardas (3,65 metros), chegou às 71.839 jardas (65,690 metros) e ultrapassou por 1 jarda (90 centímetros) o anterior máximo detido pelo já retirado Brett Favre.

(“Líder absoluto da distância de passes da NFL.”)

O jogo foi interrompido para que o recorde fosse confirmado, os “broncos” aproveitaram para difundir no estádio um vídeo com alguns dos melhores momentos da carreira de Manning, um dos jogadores com mais recordes da NFL, a Liga norte-americana da versão local do râguebi a que os americanos chamam “futebol.”

Apesar do feito, o jogo deste domingo revelou-se para Manning uma das piores exibições do já “lendário” Peyton Manning. O jogador concretizou com eficácia apenas 5 dos 20 passes tentados, permitiu 4 interceções e somou 35 jardas nos passes conseguidos. O treinador Gary Kubiak retirou-o do jogo.

(“Ele fez história, mas por outro lado foi uma primeira parte difícil para Peyton Manning.”)

Foi desde o banco que o novo recordista da distância de passes acumulada assistiu à segunda derrota consecutiva dos “broncos” na NFL — um registo de 7-2, que vale ainda a liderança do grupo “AFC West Team”, da fase regular.

Os “chiefs” venceram por 29-13, com o brasileiro Cairo Santos a anotar 17 pontos para a equipa de Kansas City, que segue na segunda posição do grupo com um registo de 4-5, tal como os Oakland Raiders, mas melhor diferença de pontos.

No acumulado da presente época, Manning soma apenas 9 “touchdowns” (ensaios) e um máximo de 17 interceções consentidas.