Última hora

Última hora

Muçulmanos de França rejeitam a amálgama

Os muçulmanos de França insurgem-se contra os terroristas que proclamam agir em nome do Islão. Após os atentados de Paris, vários líderes religiosos

Em leitura:

Muçulmanos de França rejeitam a amálgama

Tamanho do texto Aa Aa

Os muçulmanos de França insurgem-se contra os terroristas que proclamam agir em nome do Islão. Após os atentados de Paris, vários líderes religiosos têm alertado para o perigo de amálgama e algumas Mesquitas abriram as portas a fiés de outras confissões religiosas

Foi o caso da Grande Mesquita de Lyon: “Nós somos os únicos que têm se explicar, de se justificar e pedir desculpas pelo que não fizemos. Nós somos os únicos que têm que sofrer com os comentários das pessoas que nos olham com interrogação. É por isso que, aqui com todas as pessoas de outras religiões temos ser fortes e seguir em frente. “

O Islão é a segunda maior religião da França, logo a seguir ao Catolicismo. São seis milhões e meio de fiéis: 10% da população.

É o país com a maior comunidade muçulmana da Europa.