Última hora

Última hora

Autoridades alemãs mantêm silêncio sobre ameaça terrorista no estádio

O jogo de futebol Alemanha-Holanda foi anulado e o estádio evacuado. A polícia fala de uma "ameaça real".

Em leitura:

Autoridades alemãs mantêm silêncio sobre ameaça terrorista no estádio

Tamanho do texto Aa Aa

O jogo particular de futebol entre a Alemanha e a Holanda, em Hanôver, foi cancelado a menos de duas horas do apito inicial, devido ao que a polícia chamou “uma ameaça real”.

Point of view

Houve boas razões para cancelar o jogo (...) Não podemos dar mais detalhes.

O estádio foi evacuado e não foram dadas mais explicações, mas suspeita-se de algo grave, apenas três dias depois dos atentados em Paris, em que um dos palcos foi justamente o Stade de France, onde decorria o França-Alemanha. Na noite dos ataques, a seleção alemã e toda a delegação passaram a noite nos balneários do estádio.

A Alemanha tinha decidido manter este jogo como prova de solidariedade.

O Bélgica-Espanha, também previsto para esta terça-feira, foi igualmente adiado.

O ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, manteve o “suspense” sobre as razões do cancelamento: “Houve boas razões para cancelar o jogo. Compreendo a vossa curiosidade, mas não podemos dar mais detalhes”.

Foram entretanto desmentidas várias informações que tinham sido dadas pelos media. Uma delas, dada pela Deutsche Welle e citada por outros órgãos como o Diário de Notícias, na edição online, citava o chefe da polícia de Hanôver, que teria confirmado a existência de uma bomba no estádio.

A DW viria depois a desmentir:

Outra informação, que falava de uma ambulância carregada de explosivos encontrada junto ao estádio, também não foi confirmada. Houve operações noutros locais da cidade. Uma sala de espetáculos foi revistada antes de um concerto, mas também não se encontrou nada de suspeito.